A importância dos atores no fluxo de informações de uma rede social

A importância dos atores no fluxo de informações de uma rede social

8 de outubro de 2017 Artigo 0
banner_rubens_mídia-digital

A IMPORTÂNCIA DOS ATORES NO FLUXO DE INFORMAÇÕES DE UMA REDE SOCIAL

banner_rubens_mídia-digital

As redes sociais expressam o mundo em movimento, pois as redes sociais referem-se a um conjunto de pessoas (ou organizações ou outras entidades sociais) conectadas por relacionamentos sociais, motivados pela amizade e por relações de trabalho ou compartilhamento de informações e, por meio dessas ligações, vão construindo e reconstruindo a estrutura social.

A rede deve ser estudada pelo compartilhamento da informação, objetivando distinguir a posição e as ligações que os atores mantêm em sua estrutura, permitindo-nos identificar a sua influência nessa rede.

No ambiente das redes, o compartilhamento de informação e de conhecimento entre as pessoas é constante, pois as pessoas freqüentemente gostam de compartilhar o que sabem.

A disposição em compartilhar e o compartilhamento eficiente de informação entre os atores de uma rede, asseguram ganhos, porque cada participante melhora, valendo-se das informações às quais passa a ter acesso e que poderão reduzir as incertezas e promover o crescimento mútuo.

Assim, duas premissas no compartilhamento do fluxo de informações na rede são fundamentais, a centralidade e as ligações fortes e fracas.

Na rede que analisaremos, identificaremos a centralidade, quais os atores que ocupam as posições mais centrais na rede, distinguindo suas funções e importância na rede. Isso é importante pois permite saber quais os atores possuem mais força, mas capacidade de replicar um conteúdo, qual conteúdo é mais ou menos relevante. E quanto às ligações fortes e fracas enfatizaremos as distinções dessas ligações, retratando as redes egocêntricas de alguns atores mais influentes. Para atingir esse intuito adotaremos a metodologia Análise de Redes Sociais (ARS) que estuda padrões de relacionamentos entre pessoas, organizações, estados, postagens, interações e etc. e mapeia redes de relacionamento com base no fluxo de informação.

A ARS é considerada um importante instrumento para estudar relacionamentos que fomentam o compartilhamento da informação e do conhecimento. É uma ferramenta que permite a identificação de indicadores de padrões de relacionamentos que aprimoram a cooperação. Em síntese, é um recurso que respalda a gestão organizacional, identificando os atores mais influentes na rede.

Na imagem abaixo (Imagem 01 – rede completa) rede abaixo é composta de 50 postagens 42 mil usuários, de um conjunto de rede específica no período de junho e julho de 2017, que será mantida anônima para proteger os usuários. A imagem ao lado, (Imagem 01.1 – Postagens e Relação entre elas – Cor Rosa: Postagens. Amarelo: Relação entre as Postagens), demonstra as 50 postagens e suas relações.

 

rede-completa

Imagem 01 – Rede Completa

postagens e relações

Imagem 01.1 – Postagens e Relação entre elas – Cor Rosa: Postagens. Amarelo: Relação entre as Postagens

CENTRALIDADE DOS ATORES DA REDE

Centralidade, é um recurso sociológico em que um indivíduo é central em uma rede quando pode comunicar-se diretamente com muitos outros, ou está próximo de muitos atores ou, ainda, quando há muitos atores que o utilizam como intermediário em suas comunicações.

Atores que têm mais ligações que outros atores podem estar em posição mais vantajosa. Por terem muitas ligações eles possuem formas alternativas para satisfazer necessidades e aproveitar os recursos da rede e, assim, possuem menor dependência em relação a outros atores. Apresentaremos nesse estudo de casos, os índices de centralidade dos atores da rede, destacando suas funções na rede. Aplicamos nesta análise quatro medidas de centralidade:

  1. Centralidade de Informação (information centrality);
  2. Centralidade de Grau (degree centrality);
  3. Centralidade de Intermediação (betweenness centrality);
  4. Centralidade de Proximidade (closeness centrality).

Na imagem (Imagem 2 – Importância das Postagens), abaixo podemos observar que quanto maior o nó, maior é a importância do ator (nó) na rede. Nesse caso, como estamos filtrando 50 postagens, quanto à  centralidade de um nó, ou seja, da postagem, quanto maior sua importância maior será o seu tamanho na imagem.

importância_nós

Imagem 02 – Importância das Postagens

A imagem abaixo (Imagem 03 – Interações nas Postagens) é da relação existente entre as postagens e os usuários; todas as pessoas que interagiram com essa postagem no período temporal. Nessa imagem só temos as interações, todos os nós foram retirados. Como se pode perceber, há algumas interações que possuem maiores redes. Quanto mais brilhante as interações, maior quantidades de atividades naquela interação.

Imagem 03 – Interações nas Postagens

 

1. Centralidade de Informação (information centrality);

É a medida de centralidade que emprega a teoria de aproximação estatística (statistical estimation). Baseada no conceito de informação, usa uma combinação que analisa todos os caminhos entre os atores. Para cada percurso analisado considera-se a informação contida no caminho correspondente. As medidas de centralidade mais empregadas – grau, intermediação e proximidade – nas redes sociais utilizam os caminhos geodésicos (mais curtos) no seu cálculo. Como o fluxo da informação em uma rede pode utilizar qualquer canal disponível e esse nem sempre é o mais curto. Para a análise dessa medida não estamos considerando quem transmite informação a quem, mas a existência ou não de um caminho em que a informação pode fluir; um caminho mais curto ou mais longo.

Continuaremos na próxima semana. Se quiser ser avisado quando o artigo estiver pronto preencha o formulário com seu e-mail abaixo:

 

Deixe uma resposta