Pretensioso!

Estamos cercados de pessoas pretensiosas. As vezes nós mesmos somos pretensiosos. O pretensioso é vaidoso por natureza, deseja ser realmente mais do que é.

Imagem

Não creio que as pessoas sejam por natureza pretensiosas, claro, que sempre haverá exceção à regra. Ou seja, sempre encontraremos pessoas que apresentam em sua natureza, um traço de personalidade marcantemente caracterizado por seu desprovimento de inteligência, esses fogem a regra.

Voltando às exceções, creio que muitas vezes temos ou vemos em outras pessoas um comportamento “pretensioso”. O dicionário diz que o pretensioso é aquele que deseja ser bem mais do que é realmente: os pretensiosos nunca entendem a rejeição, são também chamados de “tolo”.

As pessoas que apresentam constantemente esse tipo de comportamento, são pessoas imaturas que ainda não aprenderam a lidar com seus erros, defeitos e falhas, é como uma criança imatura. Ou esse tipo de pessoa aprende a não ser pretensiosa, ou devemos manter distância delas e de seus comportamentos. E vou te dizer, esse tipo de pessoa é difícil de mudar, exatamente pela natureza de seu pensamento. Elas simplesmente acham que são melhores do que os outros, acham que sabem mais do que outros; que não têm mais o que aprender; ou de que ninguém têm mais conhecimento do que elas; que elas realmente têm o melhor conhecimento das coisas que lhe acontecem; e que assim, a forma delas perceberem o mundo, é melhor, e mais inteligente do que o de outras pessoas. Assim, fica difícil mostrar para esse tipo de pessoa, que ela simplesmente é uma “tola”, uma pessoa desprovida de inteligência, prepotente e “auto suficiente”, pois ela simplesmente não te ouvirá. Então, evite perder seu tempo, siga seu caminho.

Já me peguei muitas e muitas vezes sendo pretensioso, tolo. Não acho que toda a minha natureza, e forma de pensar, seja caracterizado por ser pretensioso, mas não estou imune a é esse tipo de pensamento. Por isso, estou tentando diuturnamente a rever meus conceitos e pensamento em relação a minha vaidade natural.

Não somos melhores do que ninguém, não devemos achar que somos melhores do que os outros, não devemos pensar que somos mais sabidos do que os outros, pois sempre haverá alguém mais esperto, mais rápido, mais inteligente, mais sábio do que nós.

Então, ter humildade, reconhecer nossos erros e fraquezas, valorizar o conhecimento, a sabedoria e a inteligência de outras pessoas nos tornará pessoas mais sábias, mais inteligentes e menos insensatas.

Se você quer ser reconhecido, não seja pretensioso.

Um abraço

 

Rubens Santana

 

 

Deixe uma resposta