Livro: Vencer ou Morrer de Carlos Cuauhtemoc Sanchez

Ele perdeu tudo, agora só restam duas opções: VENCER OU MORRER

Gosto de ler, tenho um bom hábito de leitura. No entanto, meu tempo para escrever é mínimo e acabo não escrevendo suficientemente, preciso e quero corrigir isso. Há anos venho me propondo a escrever meu primeiro livro, e até agora só rascunhos e rascunhos sobre vários assuntos e temas. Me considero um autodidata ansioso e ávido por conhecimento, mas as necessidades imperiosas de ganhar o pão de cada dia acabaram empurrando para um buraco fundo e escondido esse meu desejo. Mas disposto a mudar isso, iniciei meu novo livro, como sempre, ainda está no início, mas creio que desta vez seja para valer, mesmo porque será um livro mais técnico, do que necessariamente filosófico ou psicológico, que são as áreas que eu tenho apresso, e, por ser um livro caracteristicamente técnico o desenvolvimento intelectual necessitará mais de recolhimento, análise, concatenação, distribuição e disponibilização desses dados de uma forma clara, didática e inteligível para meus leitores do que necessariamente de um intelecto filosófico sobre o porque da vida, rsrs. Mas creio que será super útil.

Como tenho lido vários livros nesses últimos dias, e diria, nesses últimos tempos, tempos difíceis de pandemia, vírus, Corona Vírus, isolamento social e etc., me propus a fazer uma espécie de resenha dos livros lidos. Esclareço, no entanto, que esses “resumos” que faço dos livros lidos não são necessariamente uma resenha, pois lhes falta o rigor técnico de uma verdadeira resenha para que assim considerado. De toda forma, não me furtarei de continuar escrevendo meus resumos, e, pensando em ser mais útil para meus amigos, colegas e para as pessoas que, por carinho ou por misericória, rsrs, leiam meus resumos, criarei em todas as minhas novas postagens um novo tópico para auxiliar na análise dos resumos. Nominei esse novo tópico de: “O que esse livro me ensinou” na gestão da minha vida e de meus negócios. A ideia desse tópico é mostrar como, a partir da minha leitura, o que realmente eu aprendi com aquele livro. O que eu posso levar para o aprendizado, administração, gerenciamento da minha vida pessoal. E vida pessoal, estou englobando todo tipo de situação: emocional, física, amorosa, mente, alma, espírito, no casamento, na educação dos filhos, como marido mulher, filho, e também na vida profissional, financeira, nos negócios na administração de suas prioridades, do seu legado, da eficiência na utilização do seu tempo da sua vida como um todo.

Assim, vamos ao nosso resumo. O livro chama: Vencer ou Morrer de Carlos Cuauhtemoc Sanchez. Cara, posso te dizer com toda certeza, mais um livro que me surpreendeu. Num primeiro momento, não sei por que, não dava nada por ele. Como já disse em meus resumos anteriores, penso que a Apresentação de um livro é grande parte do seu sucesso ou do seu fracasso. Coisas como: nome do livro, capa, frases de efeito, subtítulos, layout das letras, dos logos, dos dizeres etc., apresentam muito o livro, negativa, ou positivamente. Então como disse, em um primeiro momento o livro não me despertou muito interesse. De toda forma, os primeiros capítulos do livro me passaram uma sensação de falta de explicação para o que veio.  O livro se inicia apresentando um médico que foi acusado de negligência médica após cometer um erro na sala de cirurgia e sofrer um acidente de carro em que sua esposa morre, Dr. Benjamín é acusado de assassinato e perde a guarda da filha. Afogado em depressão, ele encontra uma velha amiga que o faz entender que a vida dá voltas e o mundo muda sempre. Essa frase acima é a Sinopse do livro, outra coisa que chamo a atenção, a sinopse. A sinopse é a visão geral, síntese, sumário do que é a obra. Tenho visto muitas, mas muitas sinopses mesmo que parece que não foram escritas por alguém que quer vender a imagem do livro. Parece que foi escrito por um estagiário que pegou uma frase geral sobre o livro e disponibilizou como se fosse uma sinopse. Na minha avaliação um erro gravíssimo. A sinopse é, além da apresentação do próprio livro, é outra parte do cartão de visita do livro. A sinopse tem que vender o livro de uma maneira eficiente, convincente e sem deixar nenhuma dúvida sobre, para o que veio aquele livro. Uma sinopse medíocre apresentará o livro modestamente, o que entendo ser o caso específico desse livro. Bem, de toda forma, como estava dizendo, nos primeiros capítulos o livro não disse para o que venho.

Por ser um livro de ficção com propostas gerenciais administrativas, foi introduzinda a história do Dr. Benjamim, um cirurgião fracassado que perdeu a guarda da filha depois de ter “matado a esposa” em um acidente de carro, até mesmo para criar empatia com o personagem e para que a parte “técnica” do livro estivesse ligada à nossa empatia e a apreensão do conteúdo do livro fosse mais didática. O que achei bastante interessante. Essa construção de narrativa ficcional com mistura de conteúdo didático sobre a gestão profissional da vida do personagem é a ideia chave do livro. Ou seja, você não tem um livro completamente ficcional e nem completamente técnico, mas a construção técnica da mescla dos dois subprodutos.

A segunda parte do livro fala sobre como o médico consegue lidar com suas frustrações, medos, erros, para conseguir sair no fim do livro, recuperando sua autoestima, sua filha, vencendo os inimigos interiores e exteriores e voltando a ser um médico renomado e reconhecido.

O QUE ESSE LIVRO ME ENSINOU

Anúncios

Que precisamos de ajuda. Não devemos ter vergonha de pedir ajuda, de reconhecer que não somos capazes de sair de uma situação sozinhos e que precisamos de apoio, de alguém de fora, de um amigo, de um especialista. Mas que precisamos, sim, reconhecer que não damos conta e que não dá para resolver certos problemas sozinhos.

Metodologia, quanto maior o seu problema, mais difícil será para sair dele, por isso é necessário ter métodos, mecanismos técnicos e didática. O livro apresenta várias técnicas e métodos para conseguir vencer suas deficiências, seus vícios, vícios de caráter, formação, medos, traumas. Essa é uma parte interessantíssima do livro, pois, a partir da história e da vida do personagem, apresenta uma série de metodologia de gestão interior e exterior para auxiliar na maximização dos aspectos positivos da sua personalidade e a minimização dos aspectos negativos, recolhendo-o ao segundo plano, mas sabendo que ele precisa estar sob controle.

Geralmente temos grandes dificuldades em procurar um especialista para nos ajudar, e vemos com bastante desconfianças métodos e metodologia que ensinam como a vencer seus problemas na vida. Um grande mérito do livro é tentar mostrar, de forma didática, de fácil leitura e apreensão que isso é possível.

Assim, desejo a todos uma boa leitura e estejam atentos ao conteúdo do livro, anote, marque e escreva os métodos e a metodologia pois acho-as bastantes interessantes.

Boa leitura.